• Sunalizer

Quantas placas solares são necessárias na minha casa?

Atualizado: Abr 16

Quem está pensando em instalar a energia solar pode ficar confuso com as dimensões do projeto, já que instaladores podem passar diferentes cotações



Não é raro que muitas dúvidas apareçam para aqueles que buscam a energia solar pela primeira vez. Entre elas, uma bastante comum é sobre a quantidade de placas necessárias para atender a demanda energética de cada imóvel.

Parte do questionamento se baseia na falsa premissa que quanto mais placas forem instaladas, mais rentável será a instalação.

Mas isso não está certo. E vou tentar explicar o porquê!

Como a energia é distribuída


Primeiro temos que entender que as placas solares geram energia na presença do sol. Ou seja, entre às 7h e 18h, aproximadamente. Durante esse período, toda energia produzia é consumida internamente.

Caso o sistema gere mais que o suficiente para atender nossas necessidades domésticas (como luzes, geladeira, máquina de lavar, televisão...), ela é liberada na rede elétrica e, conforme legislação vigente no Brasil, gera créditos em kWh que podem ser utilizados durante um prazo de 5 anos.

Ou seja, a rede elétrica funciona como uma bateria para guardar seus excedentes e os devolve gratuitamente quando você precisar.

Produtor e consumidor


Dessa forma, o produtor da energia elétrica é também seu consumidor – numa lógica que chamamos de “autoconsumo”. Por ela, nossa fatura de energia elétrica é quase eliminada, já que injetamos na rede aquilo que vamos consumir.

Só não podemos falar de uma eliminação total da fatura, porque, como você já deve ter visto, pagamos também por outros elementos, como impostos e taxa de disponibilidade da rede.

Outro “detalhe” dessa conta é que o preço da “venda” dessa energia para a rede de distribuição não é o mesmo que pagamos ao comprá-la. É algo como quando compramos/vendemos moeda estrangeira. Ou seja, 1 kWh produzido não equivale a 1 kWh consumido (mas fica bem perto disso!).

E quem está pensando em ganhar dinheiro com a produção já pode esquecer. No Brasil, está proibida, por lei, a venda dos excedentes de energia.

Mas o fato é que a nossa pergunta desde o começo foi: quantos painéis solares são necessários em cada projeto?

Ache seu número!


Vamos brincar com número e estimativas para que você possa entender.

Comece imaginando que existem alguns eletrodomésticos que consomem cerca de 300 kWh de energia por mês, sendo esse total repartido entre 200 kWh durante as horas de sol e 100 kWh à noite.

Essas condições podem acontecer em diferentes cenários, como:

  • Sem painéis solares

  • Com 10 painéis solares (suposição)

  • Com 15 painéis solares (suposição)

Imagine ainda que, nos três casos, o preço da compra da energia (por meio da companhia elétrica) é R$ 1,00/kWh e que o preço por cada painel instalado seja de R$ 1.700.

Outro fator importante para considerar é o custo de gerar a energia, que se calcula facilmente dividindo o preço da instalação entre a energia esperada para os próximos 25 anos (tempo de duração média dos painéis). Nesse caso, vamos considerar R$ 1,00/kWh.

Mas você pode facilmente fazer a sua projeção personalizada utilizando a calculadora Sunalizer:
SIMULE SEU PROJETO

No nosso exemplo:


Sem painéis solares


Com o número certo de painéis solares



Com mais painéis solares que o necessário


Sendo assim...


Somando todos os gastos, de acordo com nossas projeções acima:

  • Sem painéis solares: Teremos que pagar, mensalmente, R$ 350;

  • Com o número certo de painéis solares: Com um bom desenho de placas solares (10 painéis), teremos que pagar somente a taxa de disponibilidade, que, para o caso de uma conexão bifásica, seria de 50kWh, ou seja, R$ 50 ao mês. A economia, portanto, é de R$ 300 e o custo do projeto, de R$ 17.000.

  • Com mais painéis solares que o necessário (sobredimensionado): Com um projeto maior que o necessário, continuaríamos economizando os mesmos R$300. Porém, agora, o investimento passaria a ser de R$25.000. Sendo assim, foram gastos R$ 8.500 a mais sem nenhum benefício extra.

Conclusão


Instalar mais painéis não significa necessariamente economizar mais ou ter rendimento diferente. Na maioria dos casos, é só dinheiro jogado fora mesmo.

Deixamos claro que o dimensionamento de um sistema envolve muitas outras variáveis, mas, neste artigo, tentamos simplificar para que você compreenda as informações básicas.

Por isso mesmo, é importante fazer um cálculo correto, baseado nos aspectos essenciais e também contar com instaladores de confiança, que não se aproveitarão do seu “desconhecimento de causa”.

Por meio da Sunalizer, você poderá solicitar cotação a diferentes instaladores, que já estão cadastrados em uma base de dados de acordo com seu bom reconhecimento no mercado de energia solar, bem como a região em que atuam.

Peça seu orçamento ou entre em contato com a Sunalizer e ajudaremos você a encontrar a melhor solução para o seu projeto:


👉 Simule sua economia https://www.app.sunalizer.com/calculadora-energia-solar-br01

👉 Como funciona a Sunalizer: https://www.sunalizer.com.br/como-funciona

👉 Fale conosco e tire suas dúvidas: Whatsapp


Caso tenha dúvidas, precise de ajuda, ou queira conversar sobre a energia solar, entre em contato conosco, e ficaremos felizes em poder conversar contigo, pois sabemos que quanto mais você entender sobre a energia solar, mais confiante vai ficar para tomar a decisão de gerar sua própria energia.


Se você gostou, compartilhe e deixe seu comentário.


Um abraço e até breve!


Diego Loureiro

CEO | Sunalizer

dl@sunalizer.com

www.sunalizer.com.br


92 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo